Diversas

Fundação Carlos Joffre recebe certificado de responsabilidade social da ALESC

Fundação Carlos Joffre recebe certificado de responsabilidade social da ALESC

Fundação Carlos Joffre recebe certificado de responsabilidade social da ALESC

A Fundação Carlos Joffre do Amaral recebeu na noite de ontem (09), a certificação de responsabilidade social conferida pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina (ALESC). A certificação foi instituída com base na Lei 12.918, de 23 de janeiro de 2004, tendo por finalidade reconhecer e destacar as empresas privadas, empresas públicas e entidades com fins não econômicos que tenham a responsabilidade socioambiental incluída em suas políticas de gestão visando à promoção do bem-estar da sociedade e a preservação ambiental. A Fundação Carlos Joffre do Amaral é uma Entidade não Governamental, de direito privado, sem fins lucrativos, instituída em 23 de abril de 1998, por Roberto Amaral, filho de Carlos Joffre do Amaral – Patrono da FCJ.
A certificação de responsabilidade social concedida pela ALESC à Fundação Carlos Joffre, foi recebida por Carlos Joffre do Amaral Neto, vice-presidente do Grupo SCC, e também foi entregue no Plenário Deputado Osni Régis a outras 92 outras empresas e entidades com fins não econômicos. A Fundação Carlos Joffre desenvolve atividades e ações voltadas para a área de Assistência Social, Integração ao Mercado de Trabalho, Cursos de Qualificação Profissional, Programas e Projetos Culturais, Educativos, Científicos, entre outros, cumprindo sua finalidade. De acordo com Nara Maria Kuhn Göcks, coordenadora de projetos da Fundação Carlos Joffre, receber a certificação de Responsabilidade Social e estar entre as entidades com fins não econômicos é, sem dúvida, o reconhecimento pelo trabalho realizado. Para nós da FCJ, além do reconhecimento é a oportunidade de reafirmar nosso compromisso, especialmente com a comunidade lageana e região da AMURES.
O presidente da Assembleia, deputado Gelson Merisio (PSD), que abriu a sessão, afirmou que atualmente a importância das empresas para a sociedade vai muito além da sua capacidade de gerar emprego e renda, abrangendo também questões como um bom relacionamento com seus colaboradores e com as comunidades que as cercam. E é esta relação, disse, que o Parlamento catarinense, por meio dos seus 40 deputados, busca homenagear e fomentar. ""Hoje o balanço social das empresas é tão importante quanto o financeiro, algo que deve ser incentivado e divulgado pois, tenho certeza, nos propiciará ter um estado não só mais desenvolvido economicamente, mas também socialmente mais justo.""
Para desenvolver seu trabalho, a FCJ, conta com parcerias de empresas, universidades, escolas, clubes de serviços, entidades religiosas, assistenciais, hospitalares, além dos governos municipal e estadual. Seu trabalho vem marcando significativa presença na Região Serrana e no Estado de Santa Catarina, concretizando seu objetivo inicial: reforçar o tecido social da comunidade por meio de ações, projetos e estudos de cunho sócio-educativo promovendo bem estar social, perenidade econômica e “cidadania para todos” Valmor Neto

Galeria

Fundação Carlos Joffre recebe certificado de responsabilidade social da ALESC Fundação Carlos Joffre recebe certificado de responsabilidade social da ALESC