Diversas

Empresas avaliam desempenho dos jovens aprendizes

No encontro os representantes de cada empresa conheceram melhor a estrutura da FCJ, a equipe e os processos do Programa de Aprendizagem

Empresas avaliam desempenho dos jovens aprendizes

A equipe da Fundação Carlos Joffre (FCJ) realizou, nesta terça-feira (08), o encontro de avaliação do Programa de Aprendizagem junto às empresas que aderiram ao projeto e mantêm jovens atuando nas mais diversas áreas.

O encontro serviu para que os representantes de cada empresa conhecessem melhor a estrutura da FCJ, bem como a equipe e todos os processos do Programa de Aprendizagem que, de acordo com a superintendente da Fundação, Nara Kuhn Gocks, vão além de colocar o jovem na empresa. “Trabalhamos com a educação continuada dos nossos jovens e com a promoção da cidadania. Este encontro é basicamente uma devolutiva de tudo o que é repassado ao jovem, focando sempre no seu desenvolvimento pessoal e profissional”, conta.

De acordo com a coordenadora do Programa de Aprendizagem, Aline Dallazem, este momento de avaliação serve para nortear o jovem dentro da empresa. “Nos reunimos para ter um parecer da empresa em relação ao processo de aprendizagem e avaliar as atividades dos nossos jovens no ambiente de trabalho, apontando as temáticas que podem ser abordadas para aprimorar ainda mais seu desempenho”, explica.

Sempre focando na excelência e qualificação, essa parceria entre família, escola e empresa, por intermédio da FCJ, é fundamental para o desenvolvimento do jovem. A equipe da Fundação também se reuniu com os pais dos aprendizes e teve respaldo positivo. “Apresentamos o que desenvolvemos no Programa, mostrando seus direitos e deveres e pedimos apoio dos pais para que os jovens mantenham um bom desempenho escolar, assim como no trabalho”, afirma Aline.

Galeria

Empresas avaliam desempenho dos jovens aprendizes Empresas avaliam desempenho dos jovens aprendizes