Diversas

Inclusão Produtiva: Projeto prepara jovens para o mundo do trabalho

Alunos com idade entre 14 e 17 anos estão sendo capacitados para ingressar no Programa de Aprendizagem da FCJ

Inclusão Produtiva:  Projeto prepara jovens para o mundo do trabalho

A equipe da Fundação Carlos Joffre (FCJ) apresentou uma devolutiva aos pais de estudantes que participam do projeto piloto “Inclusão Produtiva: Construindo Cidadania”, realizado em parceria com a Secretaria Municipal de Educação. O encontro aconteceu na última quarta-feira (12), na Escola Municipal de Educação Básica (Emeb) Santa Helena, do bairro Copacabana.

Junto com a Emeb Pedro Candido- do bairro Boqueirão- alguns alunos da Emeb Santa Helena, com idade entre 14 e 17 anos, estão sendo capacitados para ingressar no Programa de Aprendizagem da FCJ, focando no mundo do trabalho. Segundo a superintendente da Fundação, Nara Maria Kuhn Gocks, o encontro superou qualquer expectativa. “O desenvolvimento do projeto está impactando na qualificação desses jovens, sendo que a nossa proposta é oferecer um diferencial na sua preparação tanto à formação pessoal, quanto para o ingresso no mundo do trabalho. A FCJ realmente está cumprindo com sua finalidade, garantindo o exercício da cidadania”, afirma.

Mais de 30 jovens participam do curso de capacitação que terá duração de 90 horas/aula até dezembro deste ano. A parceria com o Município foi proposta no ano passado e, desde então, a Fundação trabalha para implantar nas escolas. “Com o curso em andamento, os jovens têm capacitação necessária para ingressar no mundo do trabalho, já que a falta de preparo é grande barreira que eles encontram”, afirma Nara.

Os relatos dos estudantes e seus pais foram extremamente positivos. Os alunos estão empolgados com o curso, por estarem aprendendo a trabalhar com ferramentas digitais como a Plataforma Google e principalmente pelo desenvolvimento de habilidades voltadas à formatação de currículo e maneiras de se portar e expressar diante do público. “Capacitando-os agora será mais fácil inseri-los no mundo do trabalho e, além da abordagem técnica, eles são orientados sobre questões sociais, focando na sua realidade e nas portas que serão abertas futuramente”, explica Nara.

O encontro de avaliação do projeto “Inclusão Produtiva: Construindo Cidadania” contou com a presença dos diretores da Emeb Santa Helena Daniel Neves Padilha e Silvia Regina da Silva, e da representante da Secretaria Municipal de Educação, Andressa Mota. A intenção da FCJ para 2018 é dar prosseguimento ao projeto, estendendo-o a outras unidades escolares e aos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) de Lages.

Texto Silviane Brum

Fotos divulgação

Galeria

Inclusão Produtiva:  Projeto prepara jovens para o mundo do trabalho