Diversas

FCJ capacita estagiárias da Educação Infantil

As estagiárias cadastradas no Programa de Aprendizagem da FCJ vivenciaram algumas práticas que poderão ser colocadas em sala de aula

FCJ capacita estagiárias da Educação Infantil

A musicalização na Educação Infantil foi tema de uma capacitação voltada às estagiárias que atuam nos Centros de Educação Infantil Municipal de Lages (Ceims), como auxiliares das professoras nas turmas de berçário e maternal. Esse trabalho de educação continuada foi realizado pela Fundação Carlos Joffre (FCJ) em parceria com a Secretaria de Educação, durante esta sexta-feira (26).

Com uma temática de valorização à música no processo de ensino, as estagiárias cadastradas no Programa de Aprendizagem da FCJ vivenciaram algumas práticas que poderão ser colocadas em sala de aula. “A Fundação Carlos Joffre procura oportunizar o desenvolvimento social e humano começando pela educação. Essa capacitação é mais uma atividade que se soma à iniciativa de oferecer melhor qualidade de vida aos nossos estagiários que estão ingressando no mercado de trabalho, beneficiando diretamente as crianças dos Ceims”, aponta a superintendente da FCJ, Nara Maria Kuhn Gocks.

A música é considerada um dos melhores e mais eficientes meios de comunicação que existe. Com base nos Referenciais Curriculares Nacionais para a Educação Infantil (RCNEI), a presença da música na primeira infância influencia positivamente no aprendizado das crianças, tornando-as sensíveis e receptivas aos sons e promovendo o contato com o mundo musical. “O professor e seus auxiliares têm um papel transformador dentro da educação e a música é apontada como um dos elementos essenciais para o desenvolvimento das crianças. Por conta disso vamos capacitar as estagiárias em relação ao brincar e vivenciar a música”, explica a coordenadora do Programa de Aprendizagem da FCJ, Aline Dallazem.

Durante o dia as estagiárias aprenderam técnicas de abordagem e desenvolvimento de temáticas envolvendo o universo infantil, através de métodos que ampliam os conhecimentos musicais da criança de forma bastante intuitiva, inclusive com participação criadora. Para a coordenadora de educação infantil do município, Lucia Costa, essa vivência oportunizará melhor integração na sala de aula. “A presença das auxiliares é de extrema importância porque elas complementam os trabalhos da professora e ajudam no desenvolvimento das atividades junto aos pequenos, desde questões de higiene, alimentação e cuidados de prevenção de risco, até nas atividades pedagógicas. Muitas estagiárias iniciam sua carreira na pedagogia como por conta desse estágio”, afirma.

Texto e fotos Silviane Brum

Galeria

FCJ capacita estagiárias da Educação Infantil            FCJ capacita estagiárias da Educação Infantil            FCJ capacita estagiárias da Educação Infantil            FCJ capacita estagiárias da Educação Infantil            FCJ capacita estagiárias da Educação Infantil